Vestindo roupas sustentáveis

Roupas sustentáveisTodo mundo quer se vestir bem e o que você acha de vestir roupas da moda verde? Isso é, vestir roupas sustentáveis?

No geral, a indústria da moda têm um forte impacto ambiental, isso porquê muitos fabricantes de roupas usam tecidos de origem animal, como couro, lã e seda; vegetal, como o algodão; e sintéticos, criados a partir do petróleo.

Porém, existem outros fabricantes de roupas que estão ganhando espaço que são os fabricantes que produzem roupas sustentáveis, isso porquê as roupas são fabricados com materiais alternativos que ajudam a preservar a natureza.

O papo do momento agora é sustentabilidade e nada melhor do que vestir uma roupa sustentável para diminuir o consumo e evitar a escassez dos recursos da natureza.

Tanto homem, tanto mulheres desejam se vestir melhor e ter um código estilo e por isso que você deve começar investir nesse tipo de roupa.

Marcas sustentáveis

É tempo de consumo sustentável. O verde está na moda e a onda ecologicamente correta vem ganhando destaque no mundo fashion há algumas temporadas.

Existem roupas para todos os gostos, apesar de confeccionada com produtos alternativos, a moda verde pode oferecer roupas mais sofisticadas e opções variadas, como vestidos, sapatos e até acessórios.

Acreditam que no futuro até as roupas de futebol seguirão essa tendência, o que é ótimo. Pois o mundo do futebol e do trader esportivo são gigantescos e a sustentabilidade vindo deles já será um grande ganho para a natureza em si.

Mais o que você acha de você mesmo fazer suas roupas sustentáveis utilizando chá-verde, açúcar, levedura e um pouco de vinagre?

Sim, isso é verdade e foi isso que descobriu a designer de moda Suzanne Lee, que desenvolveu esse método. A ação dos fungos sobre a mistura produz camadas de celulose com o aspecto semelhante ao de um papiro que podem ser usadas como tecido. O material ganhou o nome de BioCouture.

Veja a foto da jaqueta abaixo:

Jaqueta Sustentável

A artista Erin Smith que trabalha para a Microsoft Research desenvolveu um vestido de casamento a base de fungos. Erin usou a parte branca do fungo, conhecido como micélio. E, depois de usada, a peça pode ser descartada ao ar livre para se decompor.

Embora a maior parte dessa tecnologia ainda esteja em desenvolvimento e possa representar um alto custo para o consumidor final quando for colocada à venda, ainda é possível utilizar a receita disponibilizada por Suzanne Lee para criar o seu couro em casa e fazer suas próprias roupas de maneira sustentável.

Fonte: http://www.hypeness.com.br/2016/05/a-nova-geracao-de-roupas-sustentaveis-que-esta-prestes-a-mudar-o-mundo-da-moda/