Preservar o meio ambiente é o dever de todos os seres humanos que habitam no mundo.

Preservando o meio ambiente é fundamental para manter a saúde do planeta e de todos os seres vivos que moram nele. E preservar o meio ambiente não é apenas cuidar da Mata Atlântica, mas sim preservar cada lugar por onde passamos e cada ser vivo que encontramos pelo caminho.

Descarte ao meio ambiente

Descarte de medicamentos no meio ambientePesquisas mostram que cada vez mais são encontradas altas concentrações de substâncias de fármacos no meio ambiente.

Afinal, o descarte irregular de medicamentos pode contaminar o meio ambiente devido os componentes químicos dos remédios vão parar nas águas, solo e são consumidos por animais que depois podemos consumir em nossa alimentação.

Isso significa que o descarte irregular dos medicamentos pode fazer mal para si mesmo.

Não interessa se é um viagra masculino, viagra feminino, remédio para depressão, ansiedade ou para emagrecer. Os medicamentos em geral contêm substâncias químicas muito resistentes, portanto não devem ser descartados no lixo ou na rede de esgoto.

Com o acesso fácil aos medicamentos é muito comum sobrar comprimidos nas caixas, xarope nos vidros e até ampolas de injeção após o término do tratamento de alguns problemas de saúde.

Infelizmente, os medicamentos vencidos não podem ser devolvidos para as farmácias, pois podem ser comercializados indevidamente. E uma alternativa é entregar em pontos de coleta para que sejam encaminhados para o descarte adequado e até algumas redes de farmácias e supermercados também disponibilizam pontos de coleta.

Po isso, evite desperdícios e compre apenas medicamentos necessários e se possível fracionados.

Leitura obrigatória: Como cuidar da aparência sem prejudicar o meio ambiente

A boa notícia é que soluções estão sendo estudadas e passam por normativas. Recentemente houve iniciativas no Paraná para a elaboração de leis sobre a logística reversa dos medicamentos vencidos.

De acordo com especialistas, a solução para esse problema depende muito dos profissionais de saúde e das áreas relacionadas à mesma temática, para que eles ao se formarem sejam sensibilizados para minimizar esse problema.

Tanto o engenheiro agrônomo, quanto o ambiental precisam dessa informação, mas o farmacêutico, o médico e o enfermeiro também.

O fato é que o descarte de medicamentos é um problema que ocorre no mundo todo e apresenta riscos a toda saúde pública. Nos Estados Unidos, a população recebe orientações para descartar alguns medicamentos na privada ou no lixo, pois eles dão prioridade a reduzir o risco de uso não intencional ou overdose.

É importante destacar que o uso de medicamentos veterinários também contribui – a criação de gado, peixes e animais domésticos utilizam antimicrobianos, antiprotozoários, hormônios, entre outros, e entram no meio ambiente da mesma forma, por descarte inadequado e excreções.

E infelizmente esses medicamentos vão parar em aterros, lixões, estações de tratamento de água e esgoto, corpos d’água ou solo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *